PUBLICIDADE

QUEBRA

domingo, 11 de junho de 2017

Jesus está olhando o seu nome no livro da vida: Será que o seu está Lar?

Jesus está olhando o seu nome no livro da vida: Será que o seu está Lar?
Jesus está olhando o seu nome no livro da vida: Será que o seu está Lar?
O "Livro da vida" é mencionado várias vezes na Bíblia (Veja Filipenses 4:3; Apocalipse 3:5; 13:8; 20:12, 15; 21:27). Paulo disse que as pessoas que cooperavam com ele no evangelho tinham seus nomes escritos no livro da vida (Filipenses 4:3)


Jesus está olhando o seu nome no livro da vida: Será que o seu está lar?

Jesus disse que os nomes dos vencedores que se mantêm puros não seriam apagados deste livro (Apocalipse 3:5). Em contraste, os que rejeitam a palavra de Deus e servem falsos mestres não têm seus nomes escritos no livro da vida (Apocalipse 13:7-8; 17:8). No julgamento descrito em Apocalipse 20:11-15, esses são condenados ao lago de fogo.

Por outro lado, na cidade iluminada pela glória de Deus, somente entram aqueles cujos nomes são inscritos no Livro da Vida (Apocalipse 21:27)

Outras passagens não falam especificamente do Livro da vida, mas claramente mostram a mesma idéia. (Hebreus 12:22-24). Descreve o povo de Deus como a "igreja dos primogênito arrolados nos céus". Assim, os servos de Deus têm sua pátria nos céus (Filipenses 3:20).

Não devemos imaginar que Deus precisa, literalmente, de um livro para escrever ou apagar os nomes de pessoas. Deus sustenta as ves do céu, e centamente cuida de cada um de seus servos (Mateus 6:26). Jesus, o bom pastor, conhece suas ovelhas por nome (João 10:1-15, especialmente o versículo 14).

A figura de um livro serve para comunicar para cada pessoa a importância de seguir ao Senhor nesta vida. Deus é a fonte da vida, e ele mantém a lista das pessoas que continuarão vivas. Aqui, devemos observar dois fatos importantes:


(1) Deus julga todos na sua justiça. Muitos procuram maneiras de negar a justiça de Deus e seu direito de nos julgar. Mas ele é o nosso Criador. Ele nos revelau a sua vontade, e ele nos julgará por ela. Jesus disse: "A própria palavra que tenho proferido, essa o julgará no último dia" (João 12:48). O julgamento dele não é arbitrário ou segundo capricho. Ele nos julga retamente, "para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo" (2 Coríntios 5:10).
(2) A vida está em Cristo. Jesus proclamou a palavra de Deus, que nos julgará, e afirmou: "E sei que o seu mandamento é a vida eterna" (João 12:50). Deus "ressuscitou e vivifica os mortos" (João 5:21) Através de Jesus, que é "a ressurreição e a vida" (João 11:25).

Quando servimos a Jesus, temos a confiança da vida eterna, porque ele é o caminho, a verdade e a vida, e o único acesso ao Pai e á vida eterna (João 14:6; Atos 4:12). Se continuarmos fiéis a ele, temos a certeza que os nossos nomes serão encontrados no Livro da vida! Pense niso.

Jesus está olhando o seu nome no livro da vida: será que o seu está lar?




Participe! Deixe seu comentário sobre este post