PUBLICIDADE

QUEBRA

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Por que Deus transformou a esposa de Ló em uma estátua de sal?



Por que Deus transformou a esposa de Ló em uma estátua de sal?

Por que Deus transformou a esposa de Ló em uma estátua de sal?
Por que Deus transformou a esposa de Ló em uma estátua de sal?
A esposa de Ló foi transformada em uma estátua de sal porque desobedeceu a uma ordem dada por Deus e olhou para trás: "Assim que os tiraram da cidade, um deles disse a Ló: 'Fuja por amor à vida! Não olhe para trás e não pare em lugar nenhum da planície! Fuja para as montanhas, ou você será morto!'… Quando Ló chegou a Zoar, o sol já havia nascido sobre a terra. Então o Senhor, o próprio Senhor, fez chover do céu fogo e en­xofre sobre Sodoma e Gomorra… Mas a mulher de Ló olhou para trás e se trans­formou numa coluna de sal" (Gn 19:17, 23-24, 26). Obviamente, não havia lugar para alguém como ela no Reino de Deus, porque seu coração estava naquilo que Deus havia condenado ao fogo.

Embora a palavra "sal" possa ser traduzida como outra substância em pó, uma coluna geralmente é um marco para lembrar alguém ou alguma façanha histórica. O que Deus fez com a mulher de Ló foi erigir um "monumento à desobediência" para que outros vissem e não caíssem no mesmo erro. Alguns escritores antigos dão conta de uma coluna que seria a mulher de Ló e que permaneceu por muitos séculos visível aos viajantes da região.

A mulher de Ló sabia que não deveria olhar para trás para poupar a própria vida (Gn 19:17), mas mesmo assim olhou (Gn 19:26). Rejeitar a salvação de Deus é algo sério: "Portanto, considere a bondade e a severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas bondade para com você, desde que permaneça na bondade dele. De outra forma, você também será cortado." (Rm 11:22); "Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus." (Fp 3:13-14).

O Senhor Jesus fez referência ao que aconteceu com ela quando falou da grande tribulação que iria ocorrer. Os judeus nessa época deveriam fugir sem olhar para trás, pois o juízo que cairia sobre a terra de Israel seria grande:


"Naquele dia, quem estiver no telhado de sua casa, não deve descer para apanhar os seus bens dentro de casa. Semelhantemente, quem estiver no campo, não deve voltar atrás por coisa alguma. Lembre-se da mulher de Ló! Quem tentar conservar a sua vida a perderá, e quem perder a sua vida a preservará." (Lc 17:31-33).

Uma vez que abraçamos a causa de Deus, não podemos olhar para trás, voltar ao passado.

Por que a mulher de Ló olhou para trás? Tudo que ela possuía, que Ló e ela lutaram para conseguir durante toda a vida, estava se tornando cinzas. Os bens materiais e a vida que ela tinha em Sodoma chamaram a atenção dela, e olhou para trás.

Ló e sua família eram ricos, possuíam muitos bens. Tudo o que tinham estava em Sodoma, a cidade que seria destruída. Os anjos avisaram a sua família para não olhar para trás, mas a sua esposa olhou, demonstrando interesse material naquilo que perderia. Não havia mais tempo para levar nada embora. Se quisessem salvar a vida, deveriam sair da cidade imediatamente. Do mesmo modo, quando Jerusalém fosse atacada, os judeus deveriam ir embora da cidade o mais rápido possível, sem levar nada, pois não haveria tempo para levar alguma coisa, e, quem tentasse levar algo, acabaria se atrasando e sendo pego pelos invasores. Por isso, Jesus os aconselhou a não voltar atrás para pegar algum bem material, mas ir embora sem olhar para trás. E disse ainda: "Lembrem-se da mulher de Ló!” O que Ele estava dizendo é que, se os judeus não quiserem morrer, deveriam se desapegar dos bens materiais e não seguir o mal exemplo da mulher de Ló, que agiu com interesse.

Imagine que a sua casa está pegando fogo e você só tem tempo de salvar a própria vida, saindo do imóvel. O que você faria? Sairia de casa logo, sem levar nada, ou ficaria na casa perdendo tempo pegando coisas como televisão, celular, notebook, etc., para levar junto, enquanto o fogo se espalha mais e mais até lhe matar? Jesus lhe aconselha a sair o mais rápido possível, esquecendo tudo o mais. Por quê? Porque não há tempo de levar mais nada. Ou você foge, salvando o único bem que realmente pode salvar – que é a vida – ou então volta para tentar salvar mais alguma coisa e acaba perdendo a vida. Tenha sensatez! Lembre-se da mulher de Ló!

Jesus disse para não nos prendermos às coisas materiais. O problema não está em possuir, mas em amar o senhor errado: "Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro" (Mt 6:24). Quando sonhamos em acumular bens materiais, ou nos dedicamos à conservação das coisas que já temos, precisamos lembrar daquela estátua de sal.

Lembre-se também de uma outra mulher: Quando Ló partiu na direção de Sodoma, Abraão voltou para uma terra menos atraente, mas escolhida por Deus. Ele habitou algum tempo em Hebrom (Gn 13:18). Apesar de ser rico, este fato nunca é frisado nos relatos sobre Abraão e Sara. A Bíblia destaca a fé dele (Hb 11:8,9,17; etc.) e a submissão, obediência, santidade e fé dela (1 Pe 3:5-6; Hebreus 11:11). Nos relatos bíblicos, Sara não mostrou nenhuma preocupação em procurar uma habitação perfeita aqui, mas se preparou para a habitação eterna. Como uma mulher de fé, ela morreu com dignidade e se tornou mãe do povo da promessa (Gl 4:31).

Qual delas imitaremos?

Outras pessoas que deixam tudo e foram embora sem olhar para trás:

Abraão. Deus mandou ele sair da sua casa, e ir para uma terra distante, onde ele não tinha parentes nem terras. Ele habitou como estrangeiro e peregrino em Canaã, terra que mais tarde o Senhor deu por herança aos descendentes dele: "Então o Senhor disse a Abrão: 'Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei… Partiu Abrão, como lhe ordenara o Senhor’… O Senhor apareceu a Abrão e disse: ‘À sua descendência darei esta terra.'" (Gn 12:1, 4 e 7)

Moisés. Ele cresceu em meio às riquezas do Egito, mas deixou tudo para ser humilhado com o povo de Deus: "Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou a desonra riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via Aquele que é invisível." (Hb 11:24-27)

Paulo. Ele tinha uma alta posição no Judaísmo, mas deixou tudo para trás para seguir a Cristo: "… Se alguém pensa que tem razões para confiar na carne, eu ainda mais: circuncidado no oitavo dia de vida, pertencente ao povo de Israel, à tribo de Benjamim, verdadeiro hebreu; quanto à lei, fariseu; quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo.

Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo… Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus." (Fp 3:4-8, 13-14)

A Bíblia diz que o amor ao dinheiro é avareza, e avareza é idolatria (Cl 3:5-6), e idólatras não herdarão o Reino (1Co 6:9-10; Gl 5:19-21; Ap 21:8; 22:13-15). Então, não devemos seguir o mau exemplo da mulher de Ló, que era materialista. Em vez disso, devemos imitar os bons exemplos da Bíblia, como Abraão, Moisés e Paulo, que não olharam para trás, para as suas posses e conquistas humanas, mas deixaram tudo para obedecer a Deus e ganhar a Vida Eterna. (Defendendo a Fé Cristã)



Participe! Deixe seu comentário sobre este post