> Veja as Palavras amaldiçoadas que jamais devem ser ditas dentro de casa - Conhecimentos da Bíblia

sábado, 19 de maio de 2018

Veja as Palavras amaldiçoadas que jamais devem ser ditas dentro de casa

em sábado, 19 de maio de 2018

Comente aqui
Veja as Palavras amaldiçoadas que jamais devem ser ditas dentro de casa
Veja as Palavras amaldiçoadas que jamais devem ser ditas dentro de casa
Veja as 7 palavras que NÃO devem ser ditas dentro de casa
Sim, existem palavras capazes de trazer maldição, reforçar o infortúnio, evocar o azar e cancelar a felicidade; assim como existem outras com a luminosa propriedade de abençoar. Saber separar e usar umas e outras é o início da sabedoria.

Em cabala, proferir uma palavra repetidas vezes é criar para si mesmo um casulo dentro do qual se pode evoluir ou apodrecer.


O ambiente que tu vive - em especial tua casa - tende a absorver, armazenar e reverberar as palavras de teus hábitos mentais e transmutá-las em entes viventes de espectro vampiresco ou angelical a depender de tua própria atmosfera emocional.

Segue aqui as principais palavras que se deve evitar a todo custo dentro de casa:

1- "Desgraça!" - Condensa escuridão, quebranto e ausência do Divino.

2- "Merda!" - Chama a podridão, a sujidade e adversidades.
3- "Filho da p..!" - Evoca ódios e desavenças familiares.

4- "Maldito!" - Lança pragas e corporifica maldições.

5- "Burro/Idiota!" - Devem ser evitadas principalmente com crianças e filhos.

6- "Miserável!" - Desenha a falta, indigência, pobreza e penúria.

7- "Danado"- Em sua base significa condenado, sofredor e perambulante, maldito, malévolo, mau, ruim. chamar alguém de "danado" é amaldiçoar a pessoa, por que danado significa "condenado ao inferno". Note que as palavras assumem a direção que a intenção e as emoções lhes imprimem, é na substância e não na exata forma que repousa sua força; sim, claro, mas ainda assim é sempre momento de refinar-se para que a Luz possa fluir.❞

"Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras"


A maldição de nomes

Não há fundamento para a crença de que nomes carregam em si maldições, e que, por isso, nomes de pessoas e lugares precisam ser mudados se estão relacionados ou têm origem em nomes de santos e divindades do mal. As provas da inconsequência desta crença podem-se dar mediante a consideração de nomes de personagens bíblicos:

Daniel e seus amigos receberam nomes de deuses pagãos, contudo continuaram fiéis ao Deus verdadeiro (Dn 1:7).

A genealogia de Jesus inclui nomes outrora comprometidos com pecados e com uma herança estranha à relação entre Deus e Israel, e isso não comprometeu a santidade do Filho de Deus, nem lhe acarretou qualquer maldição (Mateus 1:3,5,6). Informações: DeolhoNews




0 comentários, deixe o seu! :

Postar um comentário

TOPO