quinta-feira, 5 de julho de 2018

Jonas: Um Profeta de Deus

Jonas: Um Profeta de Deus
Jonas: Um Profeta de Deus
A história de Jonas é muito conhecida, e é contada no Velho Testamento. Muitas pessoas conhecem a parte que Jonas foi engolido pela baleia, mas nesse post você irá conhecer um pouco mais sobre a vida desse profeta.
Profeta Jonas

Jonas foi um profeta conhecido em Israel e sua história é contada em um livro que leva seu nome no Antigo Testamento. De acordo com a Bíblia, Deus viu que uma cidade chamada Nínive, a capital de Assíria, estava cheia de maldade e iria destruí-la se não houvesse arrependimento. Deus ordenou que Jonas fosse até Nínive para contar sobre a destruição que estava por vir.

O povo de Assíria era inimigo e ameaçava Israel, por isso Jonas queria ver a cidade destruída. Por isso ele embarcou em um navio que ia em direção contrária de Nínive.

Durante a viagem, Deus mandou uma forte tempestade fazendo com que o barco quase afundasse. Os marinhos oravam para seus deuses enquanto Jonas dormia no porão. O capital chamou Jonas para que ajudasse descobrir o motivo daquela grande tempestade.

Jonas levantou e contou para todos que o motivo daquela tempestade é porque ele tinha desobedecido a Deus, ele estava fugindo de Deus. Jonas disse que aquela tempestade pararia apenas quando ele parasse de fugir e obedecesse a Deus. Então Jonas convenceu os marinheiros de lançarem ele ao mar.

Jonas e a baleia

Quando Jonas foi lançado ao mar a tempestade se acalmou e os marinheiros adoraram a Deus.

"Tomados de grande temor ao Senhor, os homens lhe ofereceram um sacrifício e se comprometeram por meio de votos." (Jonas 1:16)
Jonas estava no mar quando Deus mandou um grande peixe que engoliu Jonas. Ele passou três dias e três noites dentro da barriga do peixe. Dentro do peixe, Jonas orou a Deus com muita fé e se arrependeu. O peixe vomitou Jonas na praia, e Jonas obedeceu a Deus e foi até Nínive.
Jonas foi até Nínive

Jonas chegou até Nínive e contou ao povo que a cidade seris destruída dentro de 40 dias. O povo se arrependeu e creu em Deus. O rei levantou um jejum entre todos e o povo deixou o mal caminho, todos se arrependeram e pararam com atitudes que desagradavam a Deus.
"Os ninivitas creram em Deus. Proclamaram um jejum, e todos eles, do maior ao menor, vestiram-se de pano de saco.Quando as notícias chegaram ao rei de Nínive, ele se levantou do trono, tirou o manto real, vestiu-se de pano de saco e sentou-se sobre cinza." (Jonas 3:5-6)
Veja Também: Apocalipse
Jonas viu que o povo foi perdoado e que a cidade de Nínive não seria mais destruída, isso deixou Jonas muito aborrecido. Ele ficou tão irritado a ponto de desejar morrer.

Deus mais uma vez quis dar uma lição em Jonas e fez crescer uma planta fazendo com que Jonas ficasse em uma deliciosa e fresca sobra, deixando Jonas muito feliz. No dia seguinte Deus destruiu aquela planta fazendo com que Jonas ficasse muito irritado e desejasse novamente a morte. Deus mostrou a Jonas que ele sentia piedade de uma planta mas não sentiu de uma cidade lotada de pessoas.

Assim acaba a história de Jonas, e ele não é mais citado em nenhuma parte do Velho Testamento.
No Novo Testamento Jonas é citado em uma passagem no livro de Mateus, onde Jesus faz uma referência ao período em que Jonas ficou na barriga do peixe e ao arrependimento da cidade de Nínive através de sua pregação.


Autor: Projeto Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário